Ao conhecer a primeira Mesa Chuva do arquiteto goiano Leo Romano, Marcus Ferreira o fez um convite para criar uma coleção completa para a Decameron.

Lançada em 2015, Chuva é uma coleção de móveis com a expressão da fluidez. É formada por espelhos, mesas laterais, mesas de centro e de jantar, aparadores e bancos. A madeira é precisamente trabalhada numa construção artesanal bastante cuidadosa. O desenho dos pés nos remetem as gotas de água e são produzidos individualmente através do uso do torno manual. A plasticidade da peça está ligada a virtuosidade de cada artesão escultor, que segue habilidosamente o desenhos proposto pelo arquiteto. Tampos e pés se unem através da pureza das linhas contínuas, dando-nos a impressão de se tratar de monoblocos esculpidos.